Review: DiRT2

19 September 2009

Haiyo, looka!
Tava de mau humor, pois tava demorando pra sair Scribblenauts, quando vejo a notícia de que havia saído DiRT 2 e Mini Ninjas (que farei um review quando zerar, fikdik).

Toufazenunadaocêtamem, peguei os dois.

E bem, DiRT2 não é tão ruim como os jogos de corrida pra DS costumam ser.

Read the rest of this entry »

Advertisements

Review: DSi – Parte 1 – O Exterior

29 July 2009

imagem_abertura_review


Olá, povo! Como eu disse nos comentários de algum post aqui que iria fazer uma review sobre o DSi, aqui estou. Pretendo falar sobre tudo no portátil, sem deixar nenhum detalhe de lado.  Por isso, vou dividir a review em várias partes, cada uma falando de uma coisa específica. A primeira parte está depois do “Leia o resto deste post” =)

Ah, já vou avisando que o post ficou enorme…

Read the rest of this entry »


Review M3 Real

30 September 2008

Olá o/////////

Eu sou Sowee e esta é minha primeira postagem no blog, e espero que seja uma das muitas que estão por vir! Eu tenho um DS lite Cobalt blue e é só!

Agora o review!
-A primeira impressão:

A caixa do M3, não é chamativa, nem ao menos intuitiva. É simples e de papelão, uma embalagem comum. Ao abrirmos, temos então um plástico onde estão encravados o M3 e o rumble pack. O M3, vem dentro de um estojo transparente, com lugar para guarda-lo e simultaneamente um micro SD. A construção parece um pouco fraca, mas quando em mãos, prova-se o contrário. Ele tem um slot para colocar o cartão de memória, que é bem firme e não aparenta ser “vagabundo”. O M3 encaixa perfeitamente no DS lite sem mais complicações. O Rumble Pack que já é diferente: deve-se aplicar um pouco de força para que ele encaixe até o fundo. Confesso que eu não sabia e ia deixar ele pra fora, sem saber que não isa funcionar, mas aí comparei com o tamanho do “tapa-slot” que vem com o DS e percebi que o negócio alí era um pouco de força.

-Segundos problemas:

Este M3 não vem com nenhum cd de instalação do mesmo, somente um manual em chinês, que eu joguei pro lado, porque ficar vendo figura não ia me ajudar. Fui no site do M3 e lá nos produtos, cliquei em M3 real que me direcionou para a pagina do modelo desejado. Nessa mesma página, havia o download do firmware. Baixei e coloquei no meu Micro SD, como indicado no manual em inglês que achei no site mesmo. Coloquei as roms também, na pasta NDS. Após isso, coloco o cartão de memória no devido cartucho e ligo o DS. Então, abre o menu do M3. Sem saber de nada clico no menu e vou navegar pelos arquivos. Vou até minha pasta onde havia guardado as ROMs e clico em uma delas. Pra minha surpresa, nada acontece. Fico duas horas tentando iniciar alguma rom, quando decido, não sei por que cargas d’agua procurar um firmware atualizado. Até que achei um tal de firmware 3.9 e instalei, mesmo sendo em chinês, pois o meu M3 só instala em chinês. E então pra minha felicidade os ícones do menu que eram quatro, foram pra sete e um primeiro ícone tinha um Joystick. Fui até lá, cliquei na minha ROM, e então iniciou. Fim, depois de 4 horas ao todo de tentativa.

Hora do Score:
Funcionalidade: 10
Fácil de usar: 4
Qualidade: 8
Preço: 8Pros e contras

Prós:
-Aceita cartões SDHC
-Carrega as ROMs rapidamente
-Alta compatibilidade
-Preço razoável

Contras:
-O site oficial devia ter as últimas atualizações
-Rumble barulhento
-Manual somente em chinês

Considerações finais:
É um ótimo flash card, roda muito bem todos os jogos, e ainda vem com o rumble pack, por um preço bom além de ter suporte a SDHC (Leia-se cartões sd com memória acima de 2 GB).
Até a próxima vez! wink.gif


Análise Megaman ZX Advent

31 July 2008

Plataforma : NDS

Produção : Capcom

Desenvolvedora : Capcom

Genêro : Ação

Data de lançamento : 23/11/2007

A famosa franquia da Capcom,Megaman está se renovando a cada dia para melhor ou pior, hoje em dia não podemos nem chamar mais a personagem principal de “Azulão” ou outros apelidos adquiridos em sua longa jornada. Em Megaman ZX Advent você poderá escolher entre duas personagens principais, um garoto e uma garota, não existe tanta diferença entre os dois, apenas alguns atributos melhores que o do outro. O jogo é uma continuação direta de Megaman ZX lançado também para o DS. A história ocorre aproximadamente cinco anos antes de ZX.

Personagens e suas histórias:

O Repolid Grey foi acordado de seu “descanso” acidentalmente e agora não sabe nada sobre o que ele realmente é.

A humana Ashe é uma caçadora de tesouros que trabalha para uma organização e tem o sonho de ser conhecida.

Obs: A única diferença que existe realmente entre eles são um ser mais ágil que o outro e o outro ser mais forte.

Você obviamente vai poder contar com novas “armaduras” para serem equipadas na personagem, isso não é algo tão diferente na série. Mas agora você também poderá se transformar nos chefes que você derrotou e a sua transformação original e a ZX. Em todos os momentos do jogo você terá que usar essas novas habilidade seja pra pular, nadar e tantas outras formas de passar sair do cenário. E você poderá pegar diversas habilidades de outros personagens do jogo, isso é realmente algo que vale ser lembrado e o melhor de tudo você pode fazer isso com um botão ou com a stylus.

Os cenários de ZX Advent são maravilhosos e como em ZX não existe mais estágios, tudo é interligado em uma só “fase”. Em alguns momentos do jogo você irá presenciar cenas em anime extremamente bem feitas. O jogo é um dos melhores jogos 2D já feito para o NDS. Você vai perceber que os cenários são bem vazios, apenas com o que realmente importa para você conseguir seu objetivo.

A trilha sonora do jogo não é algo tão impressionante o jogo não varia muito de sons como “WARNING!” ou de pedras caindo sobre você, mas ainda existe uma novidade nesse quesito agora existe vozes em todos persnagens.

A jogabilidade de Megaman é algo extremamente fácil, mas com o tempo as combinações vão aumentando e você terá que ser mais preciso o tempo todo, mas nada que vai fazer você arrancar os cabelos. O uso da stylus é apenas mais um apetrecho que poderia ser substituído facilmente por alguns botões, não vai ser nada que te atrapalhe, mas também não espere muita colaboração dela. O fato de você poder se transformar em chefes tanto animais quanto personagens deixou o jogo tendo uma jogabilidade rápida e simples. Você verá que o jogo tem bastante pontos em comum com as séries Castlevania e Metroid, o fato de você explorar diversos pontos do cenário, só confirmam que o jogo tem como base esses jogos. O jogo também conta com um modo multiplayer que você vai liberando diversos minigames ao longo do jogo para conseguir jogar.

Notas :

Gráficos : 8.5
Som/Trilha Sonora : 8.0
Jogabilidade : 8.0
Diversão : 10
Replay : 9.5

Nota Final : 9.0

Ah, e eu sou o Victor. (Odeio apresentações)


Review: Soul Bubbles

16 June 2008

Falta de jogo bom = DS parado = Falta de assunto pra postar aqui. Simples assim. Não preciso complicar a explicação do blog ter criado fungos.

Mas aconteceu algo inesperado. Estava eu, desmotivado e sem vontade de cantar uma bela canção, em mais uma das minhas visitas diárias a alguns blogs e fóruns, quando eu entro na NDSBrasil e vejo um tópico. Mas não era um tópico qualquer, este tópico tinha um “Saiu” no começo do nome, seguido de uma numeração entre parênteses. Tá, era um tópico anunciando o lançamento de mais um jogo de DS, como tantos outros. Pelo nome, “Soul Bubbles”, não parecia se tratar de um RPG, então abri o tópico. Olhei as imagens: em uma, um velho sentado; em outra, uma criatura voando e uma bolha enorme no meio da tela. Parecia ser tosco.

Parecia.

Read the rest of this entry »